quarta-feira, 8 de abril de 2015

Bitreserve contrata CIO da Nike, o 4° gay mais influente do mundo dos negócios


Dia 6 de Abril a Bitreserve publicou boas vindas para Anthony Watson, ex-CIO da Nike, que integrou a equipe da Bitreserve como Presidente e Chief Operating Officer (diretor de operações).

Confesso que me surpreendeu a transparência da empresa ao anunciar que Anthony é o 4° Gay mais influente no mundo dos negócios.

Last year, Anthony was listed as the 4th most influential gay business leader in the world by the Financial Times. An active leader in the LGBT business community, Anthony sits on the National Board of Directors and Chair of the Audit Committee of GLAAD, is a Patron of United Kingdom-based Diversity Role Models, and continues to top the charts of prolific champions of commerce and diversity - two values fundamental to our work here at Bitreserve.

Não li esta lista dos gays mais influentes no mundo dos negócios, mais creio que o 1° da lista deve ser o Tim Cook, CEO da Apple.

Será essa uma nova moda das grandes empresas públicas, de serem totalmente abertos e transparentes quanto à aceitação da homossexualidade na empresa, ou estão elas agindo assim apenas no intuito de atrair maior número de clientes ?

Qual é a sua opinião sobre o assunto ?

A comunidade Bitcoin já é conhecida por ser bem aberta e receptiva, sem restrições de raça, cultura ou religião. Existem até músicas, quadros e poemas feitos em homenagem ao Bitcoin. Qual será o efeito destá notícia do Bitreserve no mundo Bitcoin ?


Cada vez mais Bancos investindo na tecnologia do Bitcoin

Bancos Investindo no Block Chain

Para quem vem acompanhando as notícias do "pequeno mundo do Bitcoin", já não é mais novidade que grandes empresas de tecnologia da informação, tais como Dell, Microsoft, IBM e Intel estão investindo ou usando a tecnologia do Bitcoin.

Mas o que vem sendo mesmo novidade ultimamente para nós, são os anúncios públicos que grandes bancos vêm fazendo sobre investimentos na tecnologia do Bitcoin, isto é, no Block Chain.

Este artigo não é destinado à discutir sobre as vantagens e desvantagens de ter grandes bancos investindo nesta tecnologia, mas apenas listar aqui quais bancos anunciaram publicamente estarem investindo nela.

Sendo assim, aqui está a lista de bancos e seus anúncios dizendo que estão investindo ou interessados na tecnologia do Block Chain, pretendemos atualizá-la periodicamente desde que um novo banco anuncie investimentos nesta área :
  1. Goldman Sachs : Goldman Joins Bitcoin Startup Circle’s $50 Million Fundraising ;
  2. UBS : UBS to Open Blockchain Research Lab in London ;
  3. Bank of New York Mellon Corp. : The Next Generation of Currency ;
  4. Bank of England : 'Innovations in payment technologies and the emergence of digital currencies' and 'The economics of digital currencies' ;
  5. JP Morgan : 'Silicon Valley is coming' warns JP Morgan CEO ;
  6. National Australia Bank : Bitcoin to replace AUD? ;
  7. ABN AMRO : ABN AMRO Innovation Centre ;
  8. Barclays : Cattle to coins: the evolution of modern money ;
  9. BBVA : BBVA Ventures Invests in Leading Bitcoin Platform Coinbase ;
  10. Credit Suisse : Bitcoins – Money Without Physical Form ;
  11. HSBC : Bitcoin opens markets abroad ;
  12. Fidor Bank AG : World’s first crypto-currency bank: Fidor Bank AG and Kraken welcome potential partners in establishing banking platform ;
  13. ING : Can bitcoin and other virtual currencies ever replace “real” money? ;
  14. Rabobank : Friedrich Hayek, Silvio Gesell and the bitcoin ;
  15. Santander : International Megabank Santander Commissions Study on Bitcoin ;
Todos estes anúncios não são totalmente positivos em relação ao Bitcoin, mas ao menos podemos concordar que estes bancos decidiram investir tempo e dinheiro nesta tecnologia, para se informarem melhor sobre ela, e entederem os riscos e oportunidades que esta tecnologia pode lhes oferecer pois, segundo o NASDAQ, ela poderá vir a destruir o sistema bancário global. tal como ele existe hoje.

É muito provável que o Bitcoin não destruirá o sistema bancário global, mas ele o transformará completamente, de forma que as taxas absurdas cobradas pelos bancos para que cada intermediário financeiro possa executar uma transação sua, ou manter sua conta bancária em dia, etc., isso sim, muito provavelmente desaparecerá.

Fazendo com que os 2 Trilhões de dólares em taxas de transações, pagamentos e manutenções sejam restituidos aos clientes finais dos bancos, ao invés de pingarem nos bolsos dos atuais banqueiros gananciosos ; ajudando assim a diminuir a pobreza no mundo todo, como nos explica este excelente vídeo da revista americana Forbes :






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...