segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Estamos vivendo um momento mundialmente histórico.


Em 2007, alguns pequenos proprietários de casa própria nos USA começaram a não honrar mais suas hipotecas e, como num efeito dominó, isto acabou-se resultando na crise financeira de 2008, onde o grande banco Lehman Brothers teve que servir de martir para outros bancos, ao ser sacrificado pelo congresso americano.

Mais de 5 trilhões de dólares foram imprimidos desde 2008 pelos USA, mais de 400 bilhões de libras pela Inglaterra, mais de 80 trilhões de Yens pelo Japão, tudo isso sem contar a imensa quantia de Euros imprimidos pelo Banco Central Europeu até hoje, tudo isso para evitar uma crise sistêmica financeira mundial que começou em 2008, a qual até agora ninguém ainda sabe se está por acontecer novamente ou não...

Pois em 2015, já não são mais pequenos proprietários de casa própria que estão deixando de honrar suas dívidas com os bancos, mas são exatamente pequenos países, como é o caso hoje do Porto Rico :


Ou seja, as primeiras peças de dominó começaram a cair novamente.

Qual será a próxima peça de dominó que irá cair depois do Porto Rico?

Bitcoin foi criado em 2008-2009 para "nos proteger" deste sistema financeiro extremamente endividado, dirigido por bancos centrais gananciosos, e que nos levou à maior crise financeira desde 1930.

Hoje ainda estamos sendo cobaia de um sistema onde continua-se imprimindo dinheiro, como se fosse planfetos de desconto "Dinheiro Grátis", para emprestá-los à pessoas e nações que não têm a menor capacidade de honrar a dívida contraida, uma dívida totalmente virtual pois surgiu à partir de um simples "Money > File > Print".

O Bitcoin continua um sistema ainda mais atual que em 2009, época em que ele foi criado.

Homenagem à mensagem gravada no Genesis Block por Satoshi Nakamoto :

The Times 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks


sexta-feira, 1 de maio de 2015

Mais detalhes sobre a misteriosa empresa 21 Inc revelados pelo Financial Times

É incrível como uma empresa possa ser tão famosa no mundo Bitcoin, como é o caso da 21 Inc, mas que pouquíssimas pessoas saibam exatamente o que ela faz. Pois ela divulga, intencionalmente, muito pouca informação sobre suas atividades, estratégias, objetivos, etc...

Porém hoje, o Financial Times divulgou um artigo muito interessante, contendo maiores informações sobre suas futuras prováveis intenções : criar chips ASIC podendo ser embarcados em qualquer tipo de aparelho da IoT - Internet of Things - minerando assim alguns Bitcoins e mantendo a rede do Blockchain sempre up-and-running para ser usada pelos próprios aparelhos IoT.

Apesar de ter informações interessantes sobre a 21 Inc, esse artigo que me pareceu um pouco complicado, e até irônico, querendo tirar sarro das empresas, como IBM, Intel, Qualcomm e afins, que acreditam e investem massivamente na tecnologia do Blockchain para fazer funcionar a IoT.

Mas como trata-se de um jornal especializado na área da finança, podemos dar-lhe um desconto ;-)

Tirem suas próprias conclusões aqui : Meet the company that wants to put a bitcoin miner in your toaster, e deixem seus comentários abaixo.



Tsunami Bitcoin

O efeito da Lei de Amara e o futuro do Bitcoin

Hoje li um artigo muito interessante do proprietário da Boost VC, Adam Draper, o artigo se intitula The Bitcoin Tsunami, e acabei conhecendo uma lei muito interessante, chamada lei de Amara ou, em inglês, Amara's Law.

Esta lei diz o seguinte :
Nós temos tendência a superestimar o efeito de uma tecnologia no curto prazo e a subestimar o efeito dela a longo prazo.
O autor do artigo também explica através de um gráfico que
As pessoas pensam linearmente, mas as tecnologias são adotadas hiperbolicamente.
Gráfico do Tempo (X) vs Impacto da Tecnologia (Y)

Traduzindo o autor, no gráfico acima temos a linha verde que representa o impacto "esperado" pelas pessoas, enquanto que a linha laranja é o "atual" impacto da tecnologia. Ou seja, no começo de toda nova tecnologia, como é o caso do Bitcoin hoje, todos esperam que ele revolucione o mundo das finanças rapidamente ; enquanto que na realidade, no começo é necessário construir toda a base, a fundação e a infra-estrutura necessária para que a nova tecnologia possa gerar o impacto esperado.

Segundo o autor :
O tsunami está chegando.
90% de um tsunami é construído abaixo da superfície da água antes de atingir a terra.
Muito trabalho está sendo feito no espaço Bitcoin agora.
O espaço Bitcoin foi inundado com empresários muito capacitados e inteligentes que trabalham em problemas do mundo real, e o espaço tem atraído enormes quantidades de interesses e de investimentos vindos de empresas de capital de risco.
Os mercados financeiros globais estão prestes a ser atingido por uma onda de mudança.
Leva tempo para que produtos e infra-estruturas de qualidade possam ser criados e agreguem valor, mas quando estes projetos bem financiados forem feitos, o mundo mudará. Todos passaremos a operar com Bitcoin.

Lembrando de passagem que a Internet, tal que a conhecemos hoje, ou seja o WWW, passou a existir em 1991, e foi somente em 1998 que o Google surgiu, em 2004 que Facebook apareceu, em 2007 que iPhone foi lançado.
Ou seja, foram necessários mais de uma década à partir do lançamento do WWW, para que pudessemos passar a usar a Internet tal como a usamos hoje.

Lei de Amara - Tsunami Bitcoin
Lei de Amara - Tsunami Bitcoin


quarta-feira, 8 de abril de 2015

Bitreserve contrata CIO da Nike, o 4° gay mais influente do mundo dos negócios


Dia 6 de Abril a Bitreserve publicou boas vindas para Anthony Watson, ex-CIO da Nike, que integrou a equipe da Bitreserve como Presidente e Chief Operating Officer (diretor de operações).

Confesso que me surpreendeu a transparência da empresa ao anunciar que Anthony é o 4° Gay mais influente no mundo dos negócios.

Last year, Anthony was listed as the 4th most influential gay business leader in the world by the Financial Times. An active leader in the LGBT business community, Anthony sits on the National Board of Directors and Chair of the Audit Committee of GLAAD, is a Patron of United Kingdom-based Diversity Role Models, and continues to top the charts of prolific champions of commerce and diversity - two values fundamental to our work here at Bitreserve.

Não li esta lista dos gays mais influentes no mundo dos negócios, mais creio que o 1° da lista deve ser o Tim Cook, CEO da Apple.

Será essa uma nova moda das grandes empresas públicas, de serem totalmente abertos e transparentes quanto à aceitação da homossexualidade na empresa, ou estão elas agindo assim apenas no intuito de atrair maior número de clientes ?

Qual é a sua opinião sobre o assunto ?

A comunidade Bitcoin já é conhecida por ser bem aberta e receptiva, sem restrições de raça, cultura ou religião. Existem até músicas, quadros e poemas feitos em homenagem ao Bitcoin. Qual será o efeito destá notícia do Bitreserve no mundo Bitcoin ?


Cada vez mais Bancos investindo na tecnologia do Bitcoin

Bancos Investindo no Block Chain

Para quem vem acompanhando as notícias do "pequeno mundo do Bitcoin", já não é mais novidade que grandes empresas de tecnologia da informação, tais como Dell, Microsoft, IBM e Intel estão investindo ou usando a tecnologia do Bitcoin.

Mas o que vem sendo mesmo novidade ultimamente para nós, são os anúncios públicos que grandes bancos vêm fazendo sobre investimentos na tecnologia do Bitcoin, isto é, no Block Chain.

Este artigo não é destinado à discutir sobre as vantagens e desvantagens de ter grandes bancos investindo nesta tecnologia, mas apenas listar aqui quais bancos anunciaram publicamente estarem investindo nela.

Sendo assim, aqui está a lista de bancos e seus anúncios dizendo que estão investindo ou interessados na tecnologia do Block Chain, pretendemos atualizá-la periodicamente desde que um novo banco anuncie investimentos nesta área :
  1. Goldman Sachs : Goldman Joins Bitcoin Startup Circle’s $50 Million Fundraising ;
  2. UBS : UBS to Open Blockchain Research Lab in London ;
  3. Bank of New York Mellon Corp. : The Next Generation of Currency ;
  4. Bank of England : 'Innovations in payment technologies and the emergence of digital currencies' and 'The economics of digital currencies' ;
  5. JP Morgan : 'Silicon Valley is coming' warns JP Morgan CEO ;
  6. National Australia Bank : Bitcoin to replace AUD? ;
  7. ABN AMRO : ABN AMRO Innovation Centre ;
  8. Barclays : Cattle to coins: the evolution of modern money ;
  9. BBVA : BBVA Ventures Invests in Leading Bitcoin Platform Coinbase ;
  10. Credit Suisse : Bitcoins – Money Without Physical Form ;
  11. HSBC : Bitcoin opens markets abroad ;
  12. Fidor Bank AG : World’s first crypto-currency bank: Fidor Bank AG and Kraken welcome potential partners in establishing banking platform ;
  13. ING : Can bitcoin and other virtual currencies ever replace “real” money? ;
  14. Rabobank : Friedrich Hayek, Silvio Gesell and the bitcoin ;
  15. Santander : International Megabank Santander Commissions Study on Bitcoin ;
Todos estes anúncios não são totalmente positivos em relação ao Bitcoin, mas ao menos podemos concordar que estes bancos decidiram investir tempo e dinheiro nesta tecnologia, para se informarem melhor sobre ela, e entederem os riscos e oportunidades que esta tecnologia pode lhes oferecer pois, segundo o NASDAQ, ela poderá vir a destruir o sistema bancário global. tal como ele existe hoje.

É muito provável que o Bitcoin não destruirá o sistema bancário global, mas ele o transformará completamente, de forma que as taxas absurdas cobradas pelos bancos para que cada intermediário financeiro possa executar uma transação sua, ou manter sua conta bancária em dia, etc., isso sim, muito provavelmente desaparecerá.

Fazendo com que os 2 Trilhões de dólares em taxas de transações, pagamentos e manutenções sejam restituidos aos clientes finais dos bancos, ao invés de pingarem nos bolsos dos atuais banqueiros gananciosos ; ajudando assim a diminuir a pobreza no mundo todo, como nos explica este excelente vídeo da revista americana Forbes :






sexta-feira, 20 de março de 2015

Sinais de uma implosão iminente do sistema financeiro. Bitcoin como investimento seguro?

Como muita gente já sabe, a criação do Bitcoin foi motivada principalmente pela crise financeira mundial de 2008.

Crise que obrigou os bancos centrais de vários países a injetar enormes quantias de dinheiro no sistema econômico. Isso foi feito para evitar que bancos enormes venham a falir, como foi o caso do Lehman Brothers.

Porém os remédios usado pelos bancos centrais, ou seja, criação massiva de dinheiro novo, ou em termos econômicos, "flexibilização quantitativa", assim como taxas de empréstimos extremamente baixas, estão sendo usados há quase 8 anos, sendo que estas medidas, por natureza, não são sustentáveis por longos períodos.
O sistema está assim chegando num limite insustentável e agora, os sinais estão cada vez mais evidentes de que a implosão do sistema financeiro é iminente.

Vamos examinar alguns sinais do colapso aqui.

Os EUA são a maior economia do mundo. Desde 2008, as taxas de juros foram mantidas em um nível historicamente baixo. Acima disso, a FED também completou três rodadas de flexibilização quantitativa, resultando em um balanço inchado.
O nível da dívida contraída pelo governo não tem precedentes.
A FED sabe muito bem que isso não pode continuar, e o primeiro passo para reverter isso é elevar as taxa de juros.
Mas ao observar a forma como o mercado reage -- o dólar subiu entre 5 - 10% contra as principais moedas durante os últimos três meses.
Isto causa um impacto negativo para a economia americana, porque torna a exportação mais cara e fica mais barato importar (incentivando assim a deflação).
A taxa em que este aumento do USD ocorre é impressionante também.
Cremos que a FED quer aumentar a taxa para "normalizar" a economia, mas olhando para a forma como as disparadas do USD acontecem, ela não tem outra escolha a não ser recuar.
Isso efetivamente significa que a FED tem poucas opções agora à sua disposição.

Vista como um bloco, a UE é a segunda maior economia do mundo. A Grécia tem sido manchete recentemente, mas não podemos nos procupar com notícias que aparecem todos os dias pois o perigo já era conhecido.
Sabemos que a economia da UE não está indo bem, nós sabemos que os preços estão em fase de deflação, sabemos também que o BCE tinha introduzido uma flexibilização quantitativa enorme e nós sabemos que o Euro, como a segunda maior moeda, levou um golpe enorme contra o USD. A UE está em situação ainda pior do que os EUA agora.

A China é a terceira maior economia. Sua economia está desacelerando e, novamente, a inflação está diminuindo. O mais assustador é que ela é uma grande economia e, mesmo assim, estatísticas e informações são muito opacas.
O que sabemos é que o setor das construções está em frangalhos agora, após a enorme bolha. E junto disso, os bancos vêm aumentando cada vez mais os empréstimos ruins, leia-se aqui um subprime chinês. Acima disso ainda, as dívidas dos governos locais são enormes.

Em seguida, vem o Japão, que tem experimentado um crescimento estagnado durante as últimas duas décadas. Recentemente, lançou sua própria flexibilização quantitativa numa tentativa de impulsionar a economia.
O efeito ainda está para ser visto, mas com a experiência das flexibilizações quantitativas de outros países no passado, o efeito não pode ser sustentado por muito tempo (fora de um aumento artificial dos preços dos ativos).

Apesar de tudo isso, vemos um aumento drástico no preço de imóveis e no mercado de ações.
Como entender isso? Podemos attribuir isso muito provavelmente à injeção massiva de dinheiro.
Mas isso é muito grave, pois flexibilizações quantitativas não pode ser sustentadas por muito tempo, e já fazem quase 8 anos que isso está durando.
Os EUA não estão mais fazendo isso, porém o BCE e BoJ acabaram de começar.
Dá para se suspeitar que a queda nos mercados será mais abrupta do que canivete caindo.
E quando isso acontecer, adivinhem... as injeções massivas de dinheiro não poderão mais ser feitas, e com as taxas de juro já perto de 0%, o que mais os bancos centrais poderão fazer?

O mercado de acões está batendo recordes no mundo todo, e o ciclo é bem conhecido : depois dos recordes sempre vem o crash.

Índice S&P 500 desde 1992 até hoje
Índice S&P 500 desde 1992 até hoje
(Fonte: Google Finance)

O G20, grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 20 maiores economias do mundo, prevendo o colapso chegar, já estão se preparando para usar os depósitos dos correntistas de bancos para pagar está farra do dinheiro fácil e barato.

O futuro é sombrio e o ativo mais fácil e seguro para se guardar era o ouro. Mas desde que Bitcoin foi introduzido em 2008 e implementado em 2009, o melhor ativo para se guardar hoje é o Bitcoin.
Por que o Bitcoin é melhor do que o ouro já foi longamente discutido neste artigo e não vamos repetir aqui. A desvantagem do Bitcoin é que sua popularidade não pode se igualar com a do ouro neste momento. Quando isso vai mudar, ninguém sabe.

Porém sabemos que empresas como:
etc., já estão usando ou investindo na tecnologia do Bitcoin. Enquanto que o ouro é massivamente usado por bancos centrais, e raramente aceito como forma de pagamento nos comércios.




Olhando através da névoa, qualquer um pode ver que o sistema financeiro global está prestes à implodir. Proteja-se financeiramente quando você puder.

Não sou economista e o que está escrito acima é a minha mera opinião pessoal, do ponto de vista de um leigo economicamente falando.

Para entender melhor a situação que nos espera num futuro breve, aconselho assistir o vídeo abaixo :







quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Nova plataforma de Exchange de Bitcoin Suíça


Gostaríamos de compartilhar com nossos leitores que uma nova exchange de Bitcoins será aberta dentro em breve na Suíça, com o intuito de ajudar as pessoas que enviam dinheiro para o Brasil e o mundo, e também para pessoas interessadas em negociar moedas digitais como o Bitcoin diretamente em Francos Suíços.

E para o lançamento desta plataforma, estamos procurando algumas pessoas que estejam interessadas em testá-la durante seu lançamento.

Se você estiver interessado, seria preciso depositar algo em torno de 300 CHF ou 2 BTC, para dar a liquidez necessária durante o lançamento dela, e em troca deste depósito, você teria as seguintes vantagens na plataforma :
  1. Todas taxas de transações gratuitas, 0%, para sempre(!)
  2. Cada transação que você executar, seja de compra ou de venda de Bitcoins, serão acumulados "Exchange Points" que poderão ser convertidos em CHF ou em ações da empresa de Exchange.
Se por acaso você não estiver interessado, mas conhece alguém que poderia estar, ficaríamos muito agradecidos se você pudesse encaminhar esta informação para essas pessoas que você conhece!

Só por informação, caso você ainda não conhece, o Bitcoin é a moeda digital mais usada no mundo, empresas como Dell, Microsoft, PayPal, Tecnisa, etc. estão aceitando Bitcoin como forma de pagamentos ; informações mais detalhadas sobre esta moeda está disponível em português neste site : http://www.infomoney.com.br/blogs/moeda-na-era-digital/post/3160782/dez-formas-explicar-que-bitcoin.

O link para se cadastrar antecipadamente na plataforma é : http://bigcoin.ch.

Ficamos à disposição se por acaso quiserem obter maiores informações sobre este assunto.

Esperamos encontrar vocês nesta nova plataforma !


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Roubo da Bitstamp - Inside Job ?


Difícil encontrar alguém na comunidade Bitcoin que não ficou sabendo do que aconteceu com a Bitstamp ontem.

Mas o que é extremamente raro, é encontrar alguém que sabia o que ia acontecer com a Bitstamp antes de todos :



Será que este roubo se trata de um Inside Job, como foi o caso da Mt Gox ?

Stay tuned ...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...